Jornal de Itatiba Portal de notícias de Itatiba

Menu
Nacional
Por Agência Estado

Maioria das Bolsas da Europa fecha em baixa com realização de lucros

Por Agência Estado

As bolsas da Europa fecharam majoritariamente em baixa nesta terça-feira, 19, devolvendo parte dos fortes ganhos registrados na segunda-feira, 18.

Investidores seguem atentos ao processo de relaxamento das medidas de distanciamento social e do impacto do coronavírus na atividade econômica.

O índice Stoxx 600 encerrou em queda de 0,61%, a 339,48 pontos.

O dia foi de intensa realização de lucros, após os índices acionários do continente terem subido cerca de 4% ontem, na esteira do otimismo com avanço nas pesquisas clínicas de desenvolvimento da vacina contra a covid-19 e do anúncio por França e Alemanha de um fundo de recuperação europeu de US$ 500 bilhões.

Nesse cenário, o índice FTSE 100, na Bolsa de Londres, recuou 0,77%, a 6002,23 pontos.

Por lá, as negociações sobre o futuro das relações comerciais entre o Reino Unido e a União Europeia, na sequência do Brexit.

Já em Paris, o CAC 40 caiu 0,89%, a 4.458,16 pontos. Também repercutiu nos negócios os sinais que apontam para os efeitos da pandemia na economia.

Em seminário virtual, o dirigente do Banco Central Europeu (BCE), Philip Lane, disse que o Produto Interno Bruto (PIB) da zona do euro poderá ter contração de até 12% este ano, a depender da evolução do vírus e da extensão das quarentenas.

Já nos Estados Unidos, o presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central americano), Jerome Powell, alertou que a retomada total da economia vai depender do desenvolvimento de uma vacina.

"A reabertura da economia está em andamento e vamos ver como ela ocorre", comentou. Em Milão, o FTSE MIB perdeu 2,11%, a 17.034,54 pontos.

A ação da Telecom Italia despencou 8,63%, após a companhia divulgar que registrou queda de 11,4% em suas receitas no primeiro trimestre de 2019, a 1,74 bilhão de euros. Na contramão das perdas, em Frankfurt, o DAX subiu 0,15%, a 11.075,29 pontos, repercutindo o surpreendente avanço de 28,2 pontos no índice de expectativas econômicas da Alemanha, elaborado pelo instituto ZEW.

O indicador ficou em 51 em maio, sugerindo melhora na confiança na maior economia da Europa.

Em Madrid, o Ibex 35 recuou 2,51%, a 6.609,10 pontos, enquanto, em Lisboa, o PSI 20 registrou leve alta, de 0,03%, a 4.181,55 pontos.

Não conseguimos enviar seu e-mail, por favor entre em contato pelo e-mail

Entendi