Jornal de Itatiba Portal de notícias de Itatiba

Menu
Notícias
Por Cristian

Oficina de Santa Rita: 37 anos de serviço assistencial no município

A Oficina promove doações de enxovais às mamães e bebês carentes da cidade

Por Cristian

Foto: Arquivo JI

Da Redação

Registrada em cartório, e de forma oficial, como Centro de Assistência Social Santa Rita de Cássia de Itatiba, a Oficina de Santa Rita, como popularmente é conhecida, foi fundada em 22 de maio de 1983; mas, antes dessa data, um grupo de senhoras, liderado por Dirce Monte, devotas de Santa Rita de Cássia, já fazia doações de enxovais às mamães e bebês carentes da cidade na data de comemoração do dia de Santa Rita - a “Santa das Causas Impossíveis”.

O primeiro presidente da diretoria foi Manoel Roberto Massaretti, que convidou vários amigos para formar a equipe, visando arrecadar fundos para a subsistência da entidade, bolando de início a 1ª Romaria Pedestre em 1983, para a capela de Santa Rita, no Bairro dos Pintos, e também realizando festas no local, com funcionamento de barracas e leilões, rifas e, ainda, participando de quermesses na Praça da Bandeira.

Construção de sede própria

Provisoriamente, a “sede” funcionou na casa de Dirce Monte, mas a diretoria começou a trabalhar ativamente, tendo como meta a construção de sua sede. Foi iniciada uma negociação de um imóvel na Travessa Francisco Ciarbello - 42, com a família dos senhores Hipólito e João Mateus, que em muito facilitaram o pagamento, inclusive, em várias parcelas.

A participação do Monsenhor Anatólio Brasil Pompeu, nomeado Diretor Espiritual, apoiando as causas da Oficina de Santa Rita, foi importantíssima para o crescimento da entidade, assim como a atuação de todas as diretorias e das voluntárias ao longo dos 37 anos de sua existência.

Doação de lote

A doação de um lote no Jardim Teresa feita pela Família de Carmo e dona Tereza Franco Penteado - muito devota de Santa Rita - e pelos seus filhos, Roberto, Chico, Tico, Toninho e Helena, proporcionou a oportunidade de efetivar ampliação e ampla reforma da s

Com a devida autorização da família Penteado e da Cúria Diocesana, a área foi negociada com pessoa particular, e o total arrecadado foi totalmente investido na sede.

Chá beneficente           

O tradicional Chá Beneficente, realizado em todos os anos, dá uma retaguarda financeira muito boa à instituição, que, neste ano, devido à pandemia do coronavírus, acabou não tendo - também o bazar que funciona em todas as quintas-feiras na sede foi paralisado. Como não houve festa e nem romaria à capela, não foi repassada verba que a Comissão Organizadora, comandada por Serginho Tescarollo, doa em todos os anos.

Deve ser ressaltado que a Oficina de Santa Rita nunca recebeu verba oficial da Prefeitura Municipal, por iniciativa da diretoria fundadora, e que foi seguida pelas demais que a sucederam.

A primeira diretoria

A primeira diretoria teve como presidente Manoel Roberto Massaretti, que ocupou o cargo por 25 anos, sendo sucedido, nos anos posteriores, por Elza Momentel Padovani, Maria Antônia de Palma e, atualmente, Marlise Gonçalves.

Demais cargos: vice-presidente, Claudimir Nunes da Costa; 1º tesoureiro, José R. Boava; 2º tesoureiro, Antônio Carlos Gallo; 1º secretário João R. Amá; 2º secretário José Humberto Roson. Membros do Conselho: Armando Regagnin, Luís Antônio Hercules, Benedito Siqueira, Francisco de A. Franco Penteado, Benedito Netto, José P. Siqueira, Estanislau Bergamin e Antônio Roberto de Oliveira. Diretor Espiritual, Monsenhor Anatólio Brasil Pompeu.

Atual diretoria

A atual diretoria, que tem mandato por três anos, é presidida por Marlise Gonçalves; 1ª vice-presidente, Maria Antônia de Palma (in memoriam); 2ª vice-presidente, Edna Magnani Batistela; 1ª secretária Rosa Maria Fontanesi; 2ª secretária Maria Eugênia da Silva; 1ª tesoureira, Odete I. Baptistella Vedovello; 2ª tesoureira, Maria Antonieta A.F. Massaretti. Diretor de Patrimônio, Marcos Antônio B. Vedovello e Diretor Espiritual, pe. Maycon Cristian Pedro. Conselho Fiscal: Anália Figliali, Vilma Andrade de Jesus, Lucília P.S. Fontana, Teresa I. C. Camargo, Elisa L. M. de Almeida e Maria Ap. R. Polli.

 

tópicos

Não conseguimos enviar seu e-mail, por favor entre em contato pelo e-mail

Entendi