Jornal de Itatiba Portal de notícias de Itatiba

Menu
Esportes
Por Marcio

Guarani: Magnum pede suspensão de pagamento por 3 meses

Grupo protocolou pedido de autorização para descontar as parcelas da arrematação do Estádio Brinco de Ouro durante os meses de maio, junho e julho

Por Marcio

Não bastasse a diminuição dos recursos nesse momento complicado causado pela paralisação do futebol, o Guarani corre o risco de perder outra receita importante nos próximos meses. Isso porque o Grupo Magnum protocolou na Justiça do Trabalho um pedido de autorização para descontar as parcelas da arrematação do Estádio Brinco de Ouro durante os meses de maio, junho e julho. A solicitação foi feita no último dia 4 e aguarda uma resposta.

A alegação da empresa presidida por Roberto Graziano é de que já antecipou parcelas ao clube em momentos de necessidade. A Justiça solicitou e recebeu comprovantes de pagamento das parcelas referentes à aquisição do estádio para análise do Dr. Rafael de Almeida Martins, juiz coordenador da Divisão de Execução de Campinas.

Ricardo Moisés, presidente do Guarani, confirmou a informação e disse que o Bugre foi intimado na segunda-feira. A partir de ontem, o clube tem cinco dias para se manifestar. Segundo o dirigente, o departamento jurídico estudará o caso para escolher o melhor caminho. Por mês, R$ 350 mil são destinados ao clube (20% são retidos na Justiça.

O acordo entre Guarani e Magnum foi feito em julho de 2015 e prevê, em troca da cessão do Brinco de Ouro, que a empresa construa uma arena, um CT e um clube social ao clube, além do pagamento mensal de R$ 350 mil por 130 meses e 14% do valor geral de venda do empreendimento que será construído no lugar do estádio. Segundo o último balanço divulgado pelo Guarani, o clube já antecipou mais de R$ 84 milhões da empresa.

O despacho da Justiça do Trabalho também confirmou a liberação de cotas de televisão para o Guarani. A CBF pagou R$ 374.382,84 referentes à terceira parcela da Série B e a FPF pagou R$ 167.614,84 pelos direitos de transmissão e publicidade estática. Como tem acesso a 80% desse total, o Bugre fica com R$ 433.598,14, valor que será destinado ao pagamento de salários de abril. (Carlos Rodrigues/AAN)

tópicos

Não conseguimos enviar seu e-mail, por favor entre em contato pelo e-mail

Entendi