Jornal de Itatiba Portal de notícias de Itatiba

Menu
Esportes
Por Agência Estado

Atlético-MG volta a vencer o Remo e confirma vaga nas oitavas da Copa do Brasil

GOLS - Réver, aos nove, e Romércio, aos 44 minutos do primeiro tempo. Hulk, aos seis minutos do segundo tempo

Por Agência Estado

Foto: Pedro Souza / Atlético

O Atlético-MG confirmou a vaga nas oitavas de final da Copa do Brasil ao vencer novamente o Remo, desta vez no Mineirão. Na noite desta quinta-feira, fez 2 a 1 no rival paraense com um gol do zagueiro Réver, de cabeça, e outro de Hulk, em cobrança de pênalti. Os visitantes descontaram com Romércio e, embora não tenham ameaçado a classificação atleticana, poderiam ao menos ter saído de Belo Horizonte com um empate. No entanto, Felipe Gedoz desperdiçou um pênalti no fim.

O Atlético-MG havia vencido o duelo da ida por 2 a 0 em Belém. Com isso, entrou tranquilo e fez um jogo seguro. Embora o Remo tenha tido chances, a equipe anfitriã, escalada com o que o técnico Cuca tinha de melhor à disposição - foram oito desfalques -, mandou na partida. O time mineiro controlou o jogo à sua maneira e avançou com o placar agregado de 4 a 1, desembolsando R$ 2,7 milhões pela ida à fase seguinte.

Agora, aguarda o sorteio da CBF para saber quem irá enfrentar nas oitavas da Copa do Brasil. A classificação do Atlético em momento algum esteve ameaçada. O domínio atleticano foi visto nos dois tempos, mas foi maior na primeira etapa. Réver marcou de cabeça aos nove minutos após cobrança de escanteio da esquerda e deixou a missão do Atlético, que não era difícil, ainda mais fácil. Sem Zaracho, mas com Keno, a equipe mineira usou Hyoran aberto na direita e deixou Nacho solto.

O argentino, mais uma vez, fez uma excelente partida e ditou o ritmo no meio de campo.

Na etapa inicial, o Atlético poderia ter feito 4 a 0, mas Nacho parou no goleiro Vinícius e três vezes na trave, com Keno, Thiago Ennes quase marcando contra, e Nacho. Os anfitriões não ampliaram o placar e foram castigado no fim do primeiro tempo. Romércio aproveitou erro na saída de bola do adversário e acertou um chute violento para anotar um golaço no Mineirão e empatar a partida. Na volta do intervalo, o Atlético voltou mais ligado e disposto a definir o confronto. Ao contrário do Remo, que cometeu um pênalti bobo com Rafael Jansen, que segurou Réver dentro da área.

Na cobrança, Hulk deslocou Vinícius e fez o segundo aos seis minutos. Foi o 11º gol do atacante em 12 jogos desde que voltou ao futebol brasileiro.

Com uma vantagem difícil de ser revertida, o time mineiro reduziu o ritmo e passou a administram a diferença. Cuca aproveitou para mexer na equipe e fazer algumas experiências, dando oportunidade para Sasha, Jair, Marrony, Nathan e Sávio. O Remo pouco ameaçava, mas foi presenteado com a chance de se despedir da competição com um empate após Jair tocar com o braço na bola dentro da área. Felipe Gedoz, porém, bateu no canto esquerdo e viu Everson fazer a defesa.

Depois disso, a equipe mineira teve mais algumas chances para ampliar que não entraram mas não fizeram falta. Classificação confirmada em casa e R$ 2,7 milhões na conta do Atlético.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-MG 2 x 1 REMO

ATLÉTICO-MG - Everson, Mariano, Gabriel, Réver e Dodô; Tchê Tchê, Allan (Jair), Hyoran (Nathan) e Nacho Fernández (Sávio); Keno (Marrony) e Hulk (Eduardo Sasha). Técnico: Cuca.

REMO - Vinícius; Thiago Ennes (Wellington Silva), Romércio, Rafael Jansen e Marlon (Igor Fernandes); Anderson Uchôa (Arthur), Lucas Siqueira e Felipe Gedoz; Jefferson (Gabriel Lima), Dioguinho e Renan Gorne (Edson Cariús). Técnico: Paulo Bonamigo.

GOLS - Réver, aos nove, e Romércio, aos 44 minutos do primeiro tempo. Hulk, aos seis minutos do segundo tempo. ÁRBITRO - Jefferson Ferreira de Moraes (GO). LOCAL - Mineirão, em Belo Horizonte (MG).

tópicos

Não conseguimos enviar seu e-mail, por favor entre em contato pelo e-mail

Entendi